Barra de Navegação

Mensagem RI Rotary Portugal RC Torres Vedras Programa do Mês

Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2019

O Jornal Badaladas, na sua edição de 15 de Fevereiro, escreve sobre os rastreios nas escolas realizados pelo Rotary de Torres Vedras

a1.jpeg

Rotary promove rastreios nas escolas

a1.jpg

O Rotary Club de Torres Vedras tem vindo a promover diversos rastreios e ações de sensibilização/informação nas áreas da saúde dentária e da visão junto da população infantil escolar da União de Freguesias de Monte Redondo e Maxial.


As primeiras decorreram nas escolas de Monte Redondo no dia 7 de dezembro, da Ereira a 25 de janeiro e a última no Maxial, no passado dia 8.


Segue-se agora o campo da visão nos dias 14, 15 e 18 deste mês nos mesmos locais. Para o efeito o Rotary estabeleceu uma parceria de colaboração com a clínica social ASOT e as Óticas OCT, que disponibilizaram desde logo os seus profissionais Marina Baginha e Luís Góis, respetivamente, para ministrarem no local essas mesmas ações de sensibilização nos citados campos da saúde.


Segundo explicação do presidente do Rotary, José Luís de Sousa, aquelas duas freguesias foram escolhidas, precisamente, pelo facto de estarem localizadas no interior do concelho e de lhes serem reconhecidas algumas carências a esse nível. Para isso a colaboração dos professores das respetivas escolas foi também imprescindível.


Estas foram as primeiras iniciativas do género levadas a cabo por aquele conhecido clube torriense, mas já existe no ar a promessa da sua continuidade, quer no tempo quer no modo.

 

Jornal Badaladas, Edição de 15 de Fevereiro

 

tags:
publicado por RC Torres Vedras às 18:47
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2019

O Jornal Badaladas, na sua edição de 1 de Fevereiro, escreve sobre o Jantar Festivo do Rotary de Torres Vedras para atribuir a distinção de profissional do ano

bada.jpeg

José Firmo foi distinguido pelos rotários

“O Rotary é uma organização de líderes mundiais e de homens de todas as profissões, unidos pelo ideal de servir, dando de si sem pensar em si, e que prestam ações e serviços humanitários, fomentando um elevado padrão ético em todas as profissões, ajudando a estabelecer a paz e a boa vontade entre todos os povos” O Rotary Clube de Torres Vedras promoveu, recentemente, uma reunião para distinguir o profissional do ano, como anualmente acontece durante o mês de janeiro.

 

Essa iniciativa, apelidada de «Avenida dos Serviços Profissionais», definiu o primeiro mês do ano para os serviços profissionais. Nesta altura do ano os clubes rotários destacam a importância do que se passa em cada comunidade na ética, nas profissões, na liderança, no mérito e na cultura. Acontece em todos os locais do mundo onde há clubes rotários representados.

 

bada1.jpg

Em Torres Vedras foi distinguido José Firmo, proprietário da empresa Farinhas Firmo.


Nascido em 1962, José Firmo iniciou a sua aprendizagem ainda em tenra idade, ao lado do seu pai, Francisco Firmo, num moinho de vento que produzia farinha para as aldeias mais próximas. Aprendeu a arte de moleiro, que envolvia atividades como picar mós de pedra, moer trigo, peneirar e ensacar farinha.


Aos 15 anos, depois de concluir os estudos na Escola Industrial e Comercial de Torres Vedras, iniciou a sua atividade laboral a tempo inteiro na pequena moagem do seu pai, onde se fabricava diariamente 10 toneladas de farinha.


Anos mais tarde, em 1991, forma sociedade com o pai e com o irmão. É então inaugurada a atual moagem de cereais Farinhas Firmo, com uma capacidade para 50 toneladas diárias de produção de farinha de trigo. Ao longo dos anos a empresa vai evoluindo e aumentando a sua capacidade de produção. Em 2003 José Firmo avança com a construção do primeiro armazém de produto acabado em Silves (Algarve), para poder dar resposta às encomendas dos clientes.


A empresa atualmente emprega 56 colaboradores, tem uma capacidade produtiva de 300 toneladas/dia de farinhas, produz cerca de 50 variedades de farinhas para panificação e pastelaria e fatura aproximadamente 11 milhões de euros.


José Firmo, casado, pai de dois filhos, assume a gestão integral da empresa. É o principal responsável pelos negócios de aquisição de matéria-prima e de venda de produtos acabados.


Diariamente, supervisiona a atividade da fábrica e dos cinco entrepostos de distribuição da empresa.


A presenciar a distinção de José Firmo estiveram cerca de 70 participantes, entre eles membros rotários dos clubes de Caldas da Rainha (clube padrinho), Bombarral, Lisboa-Belém e Lisboa-Centro.


A reunião, que decorreu no hotel Campo Real, foi dirigida pelo presidente do Rotary torriense, José Luís de Sousa, e contou com a presença da vice-presidente da autarquia, Laura Rodrigues.


Na ocasião foi ainda anunciado um novo projeto do clube ligado a questões de saúde, que pretende promover a realização de rastreios visuais, auditivos e dentários nas escolas do concelho.

 

Escrito por: ANA ALCÂNTARA

Jornal badaladas, edição de 1 de fevereiro

 

publicado por RC Torres Vedras às 18:34
link do post | comentar | favorito
Domingo, 25 de Novembro de 2018

O Jornal Badaladas, na sua edição de 23 de Novembro, escreve sobre a Palestra para as Escolas promovida pelo Rotary Club de Torres Vedras

a5.jpeg

a3.jpg

a1.jpg

O Rotary Club de Torres Vedras realizou mais uma palestra para as escolas do concelho, no âmbito do Dia Internacional da Filosofia. A iniciativa decorreu no passado dia 15 no salão dos bombeiros voluntários, em Torres Vedras, e contou como orador convidado frei Bento Domingues, um religioso da Ordem dos Pregadores.


A acompanhar o palestrante, na mesa de honra, estiveram: o atual presidente do clube, José Luís de Sousa, e o past-governador do Distrito Rotário 2017-18, Afonso Malho.


Aos alunos, que encheram o salão, o frei Bento Rodrigues explicou que a religião situa-se na linguagem poética e na linguagem literária. “Não é uma linguagem que se queira verificar numa realidade externa”.

Para o frei Bento o autor da Bíblia quis significar que este mundo é inteligível. Daí que considere que as práticas científicas não são fruto do acaso. “Se há ciência é porque o mundo é inteligível”. Falou de Kant e das três perguntas fundamentais de Filosofia: “Que posso saber?”, “Que devo fazer” e “O que me é permitido esperar?”, que representam, no fundo, o que é o Homem.


Frei Bento também falou de ética, que faz a alegria uns dos outros e expande a condição humana.


Também recorreu aos poemas de Eugénio de Andrade para mostrar o quanto somos amados.


“Nenhum de nós vem de si mesmo”, dizia o palestrante  mostrando que o amor é pura gratuidade.


“O que uma criança quer é ser amada”, acrescentou. Na sua opinião não basta a religião, as pessoas devem ter uma atitude ética. “As lutas entre a ciência e as religiões existiram porque as religiões não eram verdadeiras. A aliança da ciência, da técnica e da ética com a religião serve para dar capacidade a todos os seres humanos para tornar este mundo melhor. Para empregar toda a gente no bem, é o que faz a religião”, concluiu o frei Bento.


Nessa iniciativa rotária estiveram presentes as seguintes escolas: ESCO, CENFIM, Agrupamento de Escolas Madeira Torres e Escola Agrícola de Runa.

 

Jornal Badaladas, edição de 23 de Novembro

Escrito por Ana Alcantara

 

tags:
publicado por RC Torres Vedras às 09:28
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Outubro de 2018

O Jornal Badaladas, na sua edição de 26 de Outubro, escreve sobre a Reunião Festiva no Rotary Club de Torres Vedras

aq.jpeg

 Rotary distingue os melhores alunos e atletas torrienses

 a1.jpg

Em data de visita oficial da governadora do Distrito 1960, lida Brás, o Rotary Club de Torres Ve-dras, de que é atual presidente o empresário José Luís de Sousa, promoveu no passado dia 9 deste mês um jantar festivo para comemorar os seus 39 anos de existência, assim como os sete do Rotaract Club local. O evento serviu ainda para admitir dois novos companheiros, foram eles o empresário Tiago Santos Simões, de São Pedro da Cadeira, e o consultor Pedro Tomás Oliveira, da Lourinhã.


Mas a noite foi toda ela para enaltecer o mérito dos alunos torrienses que se destacaram no ano letivo transato (2017/2018) com as melhores e maiores notas, a saber: Henrique Santos (Escola Madeira Torres); Patrída Camilo (Externato de Pe-nafirme); Bárbara Costa (Escola Henriques Nogueira); David Antunes (Clube de Robótica); João Adão (ESCO); Laura Fernandes (Escola Internacional) e Ana Beatriz (Escola Agrícola).


A distinção do mérito e da excelência prosseguiu depois com a atribuição do Prémio José Maria Antunes Júnior ao jovem atleta Nuno Pinto, pelo seu "vasto currículo" no campo da ginástica, particularmente nas modalidades de trampolim e tumbling. A testemunhar esse ato público esteve também o vereador Hugo Lucas, em representação da Câmara Municipal, o qual parabenizou os clubes rotários aniversariantes e os jovens distinguidos naquela noite pelos seus "feitos e prestigio".


Já a governadora do Distrito 1960 reconheceu a "dinâmica muito própria" dos dois clubes torrienses, enunciando logo de seguida um vasto conjunto de projetos e desafios para o atual mandato rotário, que têm precisamente como lema «Seja a inspiração», lida Brás apelou entretanto ao "reforço dos quadros" dos clubes como salvaguarda do seu futuro. Por sua vez o presidente do Rotary Club de Torres Vedras agradeceu a presença da governadora e de todos os convidados, assim como deu os parabéns ao atleta e aluno ali enaltecidos. Marcaram ainda presença no citado repasto rotário os seguintes clubes congéneres: Ponta Delgada (Açores), Caldas da Rainha, Lisboa-norte, LJsboa-centro, Tavira, Bombarral, Alcobaça, Camaxide, Lisboa, Benedita, Sintra, Peniche, Mafra, Loures e Almada.

 

Jornal Badaladas, edição de 26 de outubro 2018

Escrito por: Fernando Miguel

 

publicado por RC Torres Vedras às 13:29
link do post | comentar | favorito
Sábado, 28 de Julho de 2018

O Jornal Badaladas, na sua edição de 26 de Julho, escreve sobre a Reunião no Rotary Club de Torres Vedras

a1.jpeg

Rotary Club: Médica voluntária dá testemunho

a1.jpeg

Marina Baginha, médica dentista na Clínica de São Pedro, em Torres Vedras, marcou presença na reunião do Rotary Club torriense no passado dia 17 deste mês para dar testemunho da sua experiência pessoal em 2017 numa missão humanitária de voluntariado ao Sahara Ocidental, mais concretamente num campo de refugiados do povo Saharaoui. 

 

Entre os convidados marcou também presença o governador assistente do movimento rotário, Rui Simões.

 

A oradora começou por citar Franz Kafka através da frase “A solidariedade é o sentimento que melhor expressa o respeito pela dignidade humana”, para depois explanar todo um conjunto de experiências de vida protagonizados na primeira pessoa, vividas por si própria, nos 10 dias que durou a missão de voluntariado no campo da saúde oral junto de algumas pessoas desse citado povo. Recorde-se que a dra. Marina associou a sua experiência ao trabalho de campo da instituição internacional DentalCoop.

 

“Foi uma experiência marcante”, confessou a médica, recomendando a quem a escutava, “se quiser e tiver coragem”, a disponibilidade para fazer idêntico trabalho de voluntariado numa “região inóspita” como aquela e junto de um povo “que vive há já 40 anos” em campos de refugiados, nas “piores condições de sobrevivência”.

 

Marina Baginha agradeceu entretanto o apoio partilhado “desde a primeira hora” pelo marido, Alfredo Pozuelo, também ele médico dentista, e pelos filhos no desafio colocado por esse mesmo projeto de voluntariado que abraçou em 2017. Os quais foram “os mais entusiastas e espontâneos a apoiar a ideia”. “Vale a pena sair da nossa zona de conforto habitual e arriscar, arrumando os nossos preconceitos para se poder ajudar quem mais precisa”, aconselhou a oradora. Que também exerce voluntariado em Torres Vedras na ASOT.

 

No fim da reunião a médica citou madre Teresa de Calcutá com a frase “Não espere por grandes líderes, faça você mesmo, pessoa a pessoa. Seja leal às ações pequenas, porque é nelas que está a sua força”, para reforçar ainda mais essa ideia de voluntariado ali apresentada.

 

Escrito por Fernando Miguel

Jornal Badaladas

publicado por RC Torres Vedras às 07:47
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 29 de Junho de 2018

O Jornal Badaladas, na sua edição de 29 de Junho, escreve sobre o Jantar de transferência de tarefas no Rotary Club de Torres Vedras

a1.jpeg

“Rotary” e “Rotaract” têm novos presidentes

a1.jpg

José Luís de Sousa é o novo presidente do Rotary Club de Torres Vedras para o próximo mandato, sucedendo a António Ferreira Nunes. A passagem de testemunho aconteceu no passado dia 19, durante o jantar de transmissão de tarefas, no qual também Guilherme Antunes sucedeu a Gonçalo Bento na liderança do Rotaract Club de Torres Vedras.

Registo para a presença de vários clubes amigos, entre os quais o das Caldas da Rainha, padrinho do congénere torriense, representado por Soledad Correia. Também marcaram presença o governador e o governador assistente do Distrito 1960, respetivamente Afonso Malho e Rui Simões.


Em representação da Câmara Municipal esteve João Pereira, também membro do Rotary Club de Torres Vedras. O presidente cessante, Ferreira Nunes, o único fundador do clube torriense ainda no ativo, fez um balanço da atividade no último ano, tendo destacado várias iniciativas, como os prémios atribuídos aos melhores alunos do concelho e bolsas a 13 alunos carenciados, o rastreio visual na Feira de São Pedro e várias ajudas a instituições e pessoas com dificuldades. Anunciou ainda o acordo de comodato para a nova sede do clube.
 

O novo presidente destacou a intenção de promover a colaboração entre os vários clubes rotários da região para o desenvolvimento de projetos conjuntos. A equipa de José Luís de Sousa será quase a mesma da anterior: João Elias (vice-presidente), Ana Margarida Santos (secretária), Marina Araújo (tesoureira) e Mário Rodrigues (protocolo), para além de outros associados com as mais diversas funções.

 

Guilherme Antunes, o novo presidente do Rotaract, apontou como principal objetivo do seu mandato o aumento do número de companheiros.

 

Publicado em 28-06-2018

 

tags:
publicado por RC Torres Vedras às 09:30
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 1 de Fevereiro de 2018

O Jornal Badaladas, na sua edição de 1 de Fevereiroo, escreve sobre a reunião festiva com jantar, do Rotary Club de Torres Vedras

bada.jpeg

Com o desafio de Davos na linha do horizonte

a1.JPG

No dia 23 de janeiro último, no decorrer de uma reunião festiva com jantar, o Rotary Club de Torres Vedras distinguiu o professor Jaime Filipe Rei com o título de “Profissional do ano”.

 

O conhecido docente foi distinguido “pelo seu profissionalismo e empenho na liderança de jovens no desenvolvimento de um projeto inovador e catalisador para os alunos, exemplo de motivação, e pelos resultados já alcançados para todos os envolvidos no projeto do Clube de Robótica do Agrupamento de Escolas de São Gonçalo”, estabelecimento de ensino a que pertence.

 

Naquele repasto, quer o presidente do referido clube rotário, Ferreira Nunes, quer o próprio presidente da Câmara Municipal, Carlos Bernardes, foram unânimes em reconhecer “o vasto currículo” do distinguido da noite, que “demonstra a têmpera de que é feito o pro- fessor Jaime Rei e a sua dedicação à comunidade”, sublinhou particularmente o edil torriense.

 

Aliás, o autarca aproveitou a deixa para desafiar logo ali o citado docente para que, no ano que vem, “haja uma representação de Torres Vedras no fórum económico de Davos”, que decorria precisamente naquele momento na Suíça. “Tudo isto é sinónimo da excelência em ser-se torriense”, concluiu dizendo Carlos Bernardes.

 

Recorde-se a propósito que Jaime Rei tem sido “o entusiasta do projeto ‘RoboCup’ e já trouxe para Torres Vedras três primeiros prémios internacionais” nessa área. Entretanto está envolvido na organização do Festival Nacional de Robótica, a realizar na cidade torriense de 25 a 29 de abril próximo, em conjunto com o Encontro Científico Internacional 2018. Ambas as iniciativas prevêem acolher mais de 500 escolas participantes.

 

Por sua vez, o distinguido da noite agradeceu o diploma recebido, informando que “ele irá ficar exposto entre os vários títulos e distinções que já recebi”, confessando de seguida que isso é o resultado natural do seu trabalho, “pois faço aquilo de que gosto, uma vez que os alunos são a causa do meu orgulho”, justificou.

 

Naquela reunião festiva do Rotary Club de Torres Vedras estiveram presentes representantes de clubes congéneres de Sever do Vouga, Benedita, Alcobaça, Bombarral, Lisboa e Lisboa-norte. Rui Simões foi o governador assistente que também marcou presença no jantar em nome do Distrito 1960 daquele conhecido movimento nacional e internacional, cujo lema para este ano de 2018 é: «O Rotary faz a diferença».

 

Publicado em 01-02-2018 no Badaladas

Escrito por Fernando Miguel

publicado por RC Torres Vedras às 18:59
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 15 de Novembro de 2017

O Jornal Badaladas, na sua edição de 10 de Novembro, escreve sobre o apelo à Comunidade feito pelo Rotary Club de Torres Vedras

aq.jpeg

Rotary de Torres Vedras lança apelo à comunidade e aos empresários para recolha de bens

a1.jpg

O Rotary Club de Torres Vedras promove a partir dos próximos dias a uma campanha de solidariedade para com as vítimas dos incêndios florestais de 15 de outubro em Oliveira do Hospital.

 

O apelo é lançado em especial à comunidade empresarial, mas também a todos os que puderem participar com a doação de bens que possam minimizar a tragédia destas populações. O clube de profissionais torrienses quer fazer a diferença e associa-se assim a um apelo lançado pelo seu congénere de Oliveira do Hospital, que dá nota de quais são as necessidades mais urgentes, nomeadamente fraldas, biberões, produtos de higiene, materiais de construção, móveis e eletrodomésticos.

 

Segundo o Rotary Club de Oliveira do Hospital também há grandes carências de alimento concentrado para animais, ração e leite de substituição para borregos, feno/palha, medicamentos (pomadas cicatrizantes/desinfectantes/spray azul), materiais para cercas e vedações, manjedouras e bebedouros.

 

O concelho de Oliveira do Hospital passou por uma trágica situação de incêndio que provocou prejuízos a nível humano, material e empresarial. Os números apurados até ao momento são avassaladores: oito mortos, 200 habitações destruídas, sendo que destas mais de 100 eram de primeira habitação, várias unidades industriais completamente destruídas, pondo em risco mais de 400 postos de trabalho, explorações agrícolas destruídas e a morte de mais 3.000 animais (ovinos, cavalos, bovinos). Cerca de 98 por cento da área florestal do concelho ardeu.

 

Centenas de incêndios deflagraram no dia 15 de outubro, considerado pelas autoridades como o pior dia de fogos do ano em Portugal. Provocaram 45 mortos e cerca de 70 feridos, dos quais perto de uma dezena em estado grave.

 

Os incêndios obrigaram a evacuar localidades, a realojar as populações e a cortar o trânsito em dezenas de estradas, sobretudo nas regiões Norte e Centro. Foi a segunda situação mais grave de incêndios com mortos no país, depois do incêndio em Pedrógão Grande, em junho deste ano, que provocou, segundo dados oficiais, 64 vítimas mortais e mais de 250 feridos.

 

Todos os contactos podem ser efetuados através do Rotary Club de Torres Vedras para os emails pr.rotary.tvedras@gmail.com ou sc.rotary.tvedras@gmail.com.

 

Jornal Badaladas

 

 

   
tags:
publicado por RC Torres Vedras às 15:12
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017

O Jornal Badaladas, na sua edição de 19 de Outubro escreve sobre o Aniversário do Rotary Club de Torres Vedras

a1.jpeg

Rotários torrienses celebram aniversário e distinguem estudantes

a1.jpg

O Rotary Club de Torres Vedras recebeu no passado dia 17 a visita oficial do seu governador, Afonso Malho, durante uma reunião festiva que serviu simultaneamente para comemorar os seus 38 anos de serviço à comunidade torriense e os seis anos de existência do Rotaract Club.

 

Uma data que ficou marcada pela visita de Maurício Agostinho António, governador do distrito 4.510 de São Paulo (Brasil). O presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Carlos Bernardes, participou igualmente no encontro rotário.

 

Cerca de 125 convivas, de várias zonas do país e em representação de tantos outros clubes, aplaudiram a entrega do Prémio Dr. José Maria Antunes Júnior ao jovem atleta Diogo Leonardo, que se distinguiu na prática de patinagem artística. Trata-se de um prémio anual instituído pelos rotários torrienses para perpetuar a memória do seu primeiro presidente, reputado médico e desportista, sendo atribuído a jovens que se tenham distinguido nas áreas da saúde ou do desporto.

 

Outro momento alto da noite foi a emblemagem de sócio honorário do membro do clube João Perdigão. Aprovada por unanimidade e aclamação em assembleia rotária, a distinção foi atribuída ao empresário por ter sido o criador e dinamizador do blogue do Rotary Club de Torres Vedras. Uma página que “é o orgulho de todos e mérito de um só”.

 

De olhos postos nas novas gerações o clube emblemou cinco novos elementos para o Interact Club. Nuno Martins, Madalena Ruas, Carlota Aniceto, Inês Sobreiro e Sofia Sousa integram agora aquela estrutura, patrocinada pelo Rotary para jovens estudantes entre os 12 e os 18 anos, convidados a fazerem a diferença nas suas escolas e comunidades. E porque fazer a diferença é o lema rotário, o clube entendeu distinguir quem o tem apoiado na prestação de serviços à comunidade. Nomeadamente a empresa Oculista Central Torriense – OCT e o seu responsável, Luís Góis, que há cerca de uma década apoia o clube na realização de rastreios visuais gratuitos durante a Feira de São Pedro. Um serviço cuja necessidade e oportunidade se “manifestam bem reais quando se tem verificado um aumento de diagnósticos de necessidade de correção, sobretudo nas camadas mais jovens”. Pela sua postura de mecenas e pelo serviço prestado ao clube e ao movimento rotário Luís Góis recebeu o Diploma de Mérito por Serviços Prestados ao Rotary.

 

Depois de um momento de silêncio em memória das vítimas dos incêndios florestais que assolaram o país nos últimos dias, os rotários procederam à entrega dos prémios escolares aos melhores alunos do ano letivo 2016/17. Foram eles: Henrique Botelho Guerra (Externato e Escola Profissional de Penafirme), Gonçalo Torcato Miranda (Escola Profissional Agrícola Fernando Barros Leal), Joana Rita Rodrigues Pedrinho (Agrupamento de Escolas Henriques Nogueira), João Nuno Kerque Pereira Fernandes (Escola de Serviços e Comércio do Oeste), André Lopes Reis Gomes Pires (Escola Internacional de Torres Vedras), Ludgero Pedro Abreu Antunes Carlos (CENFIM de Torres Vedras), Duarte Oliveira da Silva (Clube de Robótica de Torres Vedras), Maria de São José Borges Bogalho (Agrupamento de Escolas Madeira Torres). Aos alunos e seus professores o clube dedicou palavras de agradecimento, reconhecimento e estímulo.

 

Escrito por Eunice Francisco

Publicado em 19-10-2017 no Jornal Badaladas

 

publicado por RC Torres Vedras às 15:31
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Julho de 2017

O Jornal Badaladas, na sua edição de 21 de Julho escreve sobre Jantar Festivo organizado pelo Rotary Club de Torres Vedras

bada.jpeg

Ferreira Nunes é presidente do Rotary Club de Torres Vedras 34 anos depois

a1.jpg

António Ferreira Nunes é o novo presidente do Rotary Club de Torres Vedras. O empresário torriense, que foi um dos fundadores daquele clube de profissionais há 38 anos atrás, recebeu a presidência dos rotários no passado dia 12, durante um jantar festivo.

 

Antes da habitual transmissão de tarefas, que contou com a presença de cerca de 90 convivas em representação de vários clubes do país, foi emblemado um novo associado, Adelino Moreira, empresário torriense do ramo de materiais publicitários.


O presidente cessante, João Elias, passou então depois a liderança ao novo presidente, não sem antes recordar todo o trabalho desenvolvido ao longo do seu mandato, com destaque para várias iniciativas de cariz solidário. Entre elas a presença na Feira de São Pedro, com um rastreio oftalmológico, num espaço que pela primeira vez não foi cedido pela entidade organizadora do certame.

 

João Elias aproveitou a presença do presidente da Câmara Municipal, Carlos Bernardes, para lembrar que ”servimos a comunidade e ainda temos que pagar para isso. Acho que por tudo o que temos feito em benefício dos mais carenciados, ao longo dos últimos anos, merecíamos a cedência do espaço”. Por causa disso foram muitas as associações que este ano não marcaram presença na feira, ao contrário do que era habitual. “Solicitamos os seus bons ofícios junto da PromoTorres [empresa municipal], para que reveja esta situação”, concluiu João Elias, que assume agora a vice-presidência do clube.


Ainda sobre o rastreio efetuado durante a feira, “constatamos que é cada vez maior o número de crianças em idade precoce a necessitar de óculos”, alertou aquele responsável.

Nova sede no antigo SMAS
 
Nestas andanças há mais de 30 anos António Ferreira Nunes passou “metade da minha vida ligado ao Rotary”, tendo sido o terceiro presidente rotário em Torres Vedras. “Curvo-me perante os que desta vida já se libertaram, e foram muitos”, disse após a transmissão de tarefas. O empresário do ramo automóvel irá ter “uma presidência global e inovadora”, com o apoio do seu vice-presidente.


O resto da equipa não sofreu grandes alterações e os seus elementos transitam para o novo conselho diretor.
A nova presidência tem já várias atividades previstas, entre as quais uma palestra com o cientista torriense Gonçalo Bernardes e uma outro com o padre Vítor Melícias, especialmente dirigida aos jovens do ensino secundário. O clube espera entretanto poder inaugurar a sua nova sede, um espaço cedido pela autarquia nas antigas instalações dos Serviços Municipalizados (SMAS), por ocasião do seu 38º aniversário, a 17 de outubro.


Um espaço onde o clube poderá finalmente expor o seu espólio em condições dignas, ao contrário do atual edifício, junto aos Paços do Concelho, “onde chove lá dentro”, salientou João Elias.


Durante o jantar, houve ainda lugar à transmissão de tarefas do Interact Club, com Inês Carmo a passar o testemunho a João Miguel Ramalho, novo presidente do Interact para o ano 2017-18.

 

 | 

 

publicado por RC Torres Vedras às 22:59
link do post | comentar | favorito

ROTARY INTERNATIONAL

 

Tradução

Abril 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Lema Presidencial 2018-19

 

q1.jpg

Posts recentes

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na s...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

Jantar festivo do Rotary ...

O Jornal Badaladas, na su...

Distinção ao Jornal Badal...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

Pastel de feijão “gigante...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

Jantar palestra do Rotary...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

O Jornal Badaladas, na su...

tags

actividades ri

aniversário ri

assembleia internacional

badaladas

boletim mensal

boletins

bolsas

companheirismo

comunicação

conferência

conselho legislaçao

convenção

convenção 2017

convenção2012

convenção2013

convenção2014

convenção2015

convenção2016

convenção2017

convenção2018

convenção2019

distrito rotario

divulgação

dqs

efeméride

estatisticas

formação

fotografias

frp

fundação rotária

governador

governador d1960

historia do rotary

ige

interact

jornais

lema

mensagem ri

noticias distrito

novas gerações

palestras

plano de actividades

pobreza e exclusão social

polio

presidente 2013/14

presidente ri

presidente ri 19/20

presidente ri 2014-15

presidente ri 2015-2016

presidente ri 2016/17

presidente ri 2017/18

princípios rotary

programa mensal

quadro social

quadro social companheirismo

rc torres vedras

redes sociais

relações públicas

revista

revista municipal

rotaract

rotary international

rotary leader

ryla

secretario ri

serviços

the rotarian

vog

voluntariado

vozes do rotary

todas as tags

Arquivos

Links

Pesquisar neste blog

 

ROTARY INTERNATIONAL no YOUTUBE

 

Rotary International no youtube


Sites de Interesse: